Turquia: Istambul & Capadócia Juntinhas

A Turquia caiu como um presente diretamente dos Deuses. A ideia inicial era curtir o sol das ilhas gregas e depois voltar para casa, pois estava a semanas viajando pela África e queria encerrar a trip descansando um pouco. Obviamente – agitada como sou – mudei o itinerário e considerei o plano b: prolongar o recesso laboral e rodar um pouco mais pela Europa. Daí, incluí a Turquia e, dias depois, a Rússia, que escreverei em uma outra oportunidade.

Selime Monastery

Istambul foi sempre uma cidade à atiçar minha curiosidade, tanto pelos livros do escritor norte-americano Dan Brown como pelos documentários de história e filmes hollywoodianos. A arquitetura e estética da cidade são exuberantes. Do outro lado, tive a oportunidade de andar de balão pela primeira vez na vida e (logo onde!) na Capadócia, um dos destinos mais românticos e famosinhos para tal prática. Eu era só felicidade por mais essa viagem e abaixo te conto um pouco do que vi e vivi pelo caminho.

Capadócia

Você precisa saber agora:

Moeda: Lira Turca (mas o euro é facilmente aceito nas ruas)

Golpinhos/dia: € 97,00 (considerando Hop-On Hop Off, transfer compartilhado do aeroporto, alimentação e hospedagem)

Se perder, vai ter que voltar: Visitar a Basílica Cisterna, Hagia Sofia e Mesquita Azul, todas localizadas em uma larga praça no centro de Istambul

Sobraram Golpinhos? Ande de balão na Capadócia ou banhe-se nas piscinas termais de Pamukkale

Lira Turca

Passagens aéreas:

Voei de Atenas para Istambul, via Aegean Airlines, mas o trecho completo fechado foi Cairo/Egito x Atenas/Grécia x Istambul/Turquia. Paguei ao todo R$ 682,87, ida e volta. O aeroporto de entrada foi o Ataturk, o internacional do país.

Em Istambul, comprei duas passagens internas:

– Istambul x Kayseri – Pegasus Airlines – R$ 100,00 ida e volta. A cidade de Kayseri é um dos pontos de entrada para conhecer a Capadócia. Fechei com a empresa Cappadocia Daily Tours ao custo de € 125,00 o passeio que incluiu: pick up + drop off do aeroporto, passeio de balão ao amanhecer com brinde de champanhe no final (sim, bem desnecessário, mas estava incluído…) e um day tour pela Capadócia (no site você pode escolher qual a rota que quer seguir).

– Istambul x Denizli – Turkish Airlines – R$ 135,00 ida e volta. A intenção era visitar as piscinas termais de Pamukkale, mas acabei não indo. Na época consegui uma passagem para Moscou, na Rússia, por um preço muito em conta e optei por seguir viagem ao norte da Europa.

Passeio de balão, Capadócia

Hospedagem:

• Istambul – Sunlife Hotel Old City, R$ 64,25 o quarto. Hotel com quarto e atendimento impecáveis e fica localizado bem no centro de Istambul. Excelente custo benefício.

Faith, Istambul

Às margens do estreito de Bósforo, Istambul tem um pé no oriente e outro no ocidente – literalmente. É uma cidade que merece sua visita por diversos motivos: riqueza cultural e arquitetônica, os tradicionais kebabs e karniyarik de rua, o bazar das especiarias, etc. Além do mais, em 2010, a cidade foi considerada uma das três capitais europeias da cultura.

Faith, Istambul

Almoço delícia na Turquia

O turco é a língua oficial, mas o inglês é compreendido facilmente pelas ruas. Eu não tive qualquer problema em me comunicar.

Visitei a Turquia em uma das mais recomendadas épocas para se ir – setembro -, quando há menos chance de chuva e as temperaturas estão agradáveis.

Faith, Istambul

Faith, Istambul

Mas então Lívia, o que visitar em Istambul?

Três dias são mais que suficientes para absorver a cidade. A Turquia é um país incrível, então desprenda um tempinho extra para as regiões vizinhas.

Minha hospedagem dava para os fundos da Mesquita Azul, então comecei meu dia já à caminho da praça principal onde ficam os principais pontos turísticos, no distrito de Faith.

Mesquita Azul

A Mesquita Azul, dedicada ao Sultão Ahmed e construída durante o império otomano, fica localizada de frente à Basílica de Santa Sofia. Ao entrar é necessário tirar os sapatos. E atenção à vestimenta, pois mesmo os funcionários fornecendo uma espécie de canga para cobrir as partes do corpo que desrespeitam a religião muçulmana, shorts, minissaias, bermudas ou camisetas sem mangas não são permitidos.

Lavagem dos pés na Mesquita Azul

A mesquita foi revestida com azulejos azuis e possui ricos vitrais também do mesmo tom. A visitação é gratuita e a entrada para turistas ocorre por uma das laterais. Em períodos de oração fica fechada à visitantes.

Mesquita azul por dentro

Mesquita Azul por dentro

A segunda escolhida para o dia foi a famosa Basílica de Santa Sofia. Também conhecida como Hagia Sofia, essa foi construída para ser a catedral de Constantinopla. Atualmente funciona também como um museu.

Hagia Sofia

Detalhes do interior

Aberta de terça à domingo, das 9h às 17h (até às 19h30 no verão), o preço é 40 TRY, R$ 33,00. Quem não estiver localizado no distrito de Faith, pode chegar facilmente via bonde, utilizando a saída chamada Sultanahmet.

Detalhes do interior

O interior da Basílica é lindo, composto por mosaicos de ouro e adereços nas paredes que mostram um mix de religiões. Vale muito à pena a visitação com tempo de sobra! Para ver as fotos, clique aqui.

Depois segui em direção à tão aguardada – sim, muita emoção nessa hora! – Cisterna da Basílica, a maior das centenas de cisternas construídas em Istambul durante a época bizantina.

Cisterna

Construída para armazenar água para o Grande Palácio bizantino no século VI, a Cisterna possui 336 colunas de mármore numa área de dez mil metros quadrados, distribuídas num ambiente sombrio e bastante úmido. Hoje existem passarelas para os turistas caminharem pelo reservatório.

O interessante do local são as colunas com cabeças de Medusa distribuídas pelo lado noroeste. Reza a lenda que a função dessas Medusas seria a de afastar os inimigos e monstros que tentassem invadir o subterrâneo.

Medusa no interior da Cisterna

Funciona diariamente das 09h às 17h30, também com horário diferenciado no verão. A entrada custa 20 TRY, R$ 16,00.

Utilizando os ônibus turísticos que rodam a cidade, você poderá conhecer também várias atrações ao longo dos dias em Istambul, tais como: Grand Bazaar e Egyptian Spice Bazaar, os antigos mercados que sobreviveram à antiguidade; Galata Bridge, onde se situava o principal porto de Constantinopla; Palácio Dolmabahçe, antigo centro administrativo do Império Otomano, localizado às margens do Bósforo; a Igreja Pammakaristos, uma das mais famosas de Istambul, localizada em Faith; e a linda Mesquita de Eyup Sultan, instalada na parte exterior das Muralhas de Constantinopla.

Ou seja, sem chances de Istambul não te impressionar com toda essa magia arquitetônica!

Dica de ouro: Jante no Restaurante Banyan, localizado de frente ao Bósforo, entre a Europa e a Ásia. Os preços não são exorbitantes e a vista é espetacular! Deve-se reservar a mesa com certa antecedência, ok?

Agora vamos à Capadócia?

Passeio de balão na Capadócia

Vista do passeio de balão na Capadócia

Durante um almoço em Istambul conheci uma brasileira que viajava pela Europa e, curiosamente, procurava companhia para seguir viagem à Capadócia. A essa altura eu não estava sozinha – viajava com minha madrinha – e fomos nós três para um day tour na terra dos balões!

Passeio de balão

Passeio de balão

Nosso voo desde Istambul saiu do aeroporto local, o Sabiha, e o custo do transfer foi €45 para as três. Esse é o preço médio para a viagem aeroporto x centro, apesar do aeroporto internacional estar em uma zona mais afastada.

Conforme mencionei lá encima, fechei o dia com uma agência de turismo local e tudo ocorreu além das expectativas.

Pigeon Valley

O passeio de balão foi algo único! Amanhecemos sobrevoando as cidadelas e os morros da Capadócia, num amanhecer mágico. Quem tiver a oportunidade de ao menos fazer esse passeio uma vez na vida, não hesite!

Ihlara Valley

Ihlara Valley

Ihlara Valley

Chegando em terra firme, você poderá escolher o red, blue ou green tour pela cidade, composto por atrações turísticas nos arredores da Capadócia.

Ihlara Valley

Eu optei pela linha verde e visitei diversos pontos ligados à natureza: a cidade subterrânea – Underground City – construída pelos cristãos para escapar das perseguições; o Ihlara Valley e o Selime Monastery, famosos por suas belezas naturais; e o Pigeon Valley, em Göreme, considerado um dos vales com vista mais bela de toda a cidade.

Göreme

Selime Monastery

Não tive tempo de seguir viagem em direção à Pamukkale – conhecido como “Castelo de Algodão, mas pesquisei bastante sobre o local e indico à todos que visitam a Turquia com tempo. Aqui se localizam as principais piscinas termais com sacadas de águas azuis. Do aeroporto de Denizli você consegue utilizar um transfer da Turkish Airlines para a entrada de Pamukkale.

Em 1988, a UNESCO declarou o complexo como Patrimônio Mundial.

Árvore do olho-turco em Pigeon Valley

Curiosidade: Em Istambul você vai encontrar diversos lugares que fornecem o famoso banho turco: um banho no qual a pessoa fica em um ambiente quente e cheio de vapor. Acredita-se que dentre os inúmeros benefícios, temos a desintoxicação do organismo e a melhora no combate à alergias na pele e no tratamento pulmonar. Eu não cheguei a tentar, mas quem sabe na próxima?

Checklist

Seguro obrigatório para brasileiros: Apesar de não haver necessidade de comprovação de seguro-saúde para a entrada na Turquia, recomenda-se a contratação de um seguro de viagem que contemple assistência médica e repatriação em caso de acidente.

Vacina obrigatória para brasileiros: Não é necessário qualquer tipo de vacina.

Imigração: Não tive problemas.

Documentação para brasileiros: Passaporte com, no mínimo, 6 meses de validade. Cidadãos brasileiros que pretendem visitar a Turquia à turismo, graças a um acordo bilateral entre os governos, fica isento de obter visto prévio, e poderão permanecer por um período de até 90 dias, renováveis desde que a permanência total não exceda a cento e oitenta dias por ano.

Importância Global: Istambul ocupa ambas as margens do estreito do Bósforo e do norte do mar de Mármara, os quais separam a Ásia da Europa no sentido norte-sul, uma situação que faz de Istambul a única cidade que ocupa dois continentes. Algumas zonas históricas da parte europeia de Istambul foram declaradas Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1985.

 

♥ Gostou? Então curte minhas fotos dessa viagem no Instagram! Quer mais dicas e ajuda com a sua viagem? Peça já o seu roteiro totalmente personalizado!

(Visited 145 times, 1 visits today)